Profanação dos túmulos na antiga vila Chipanga by Vale /Desecration of graveyards in the old Village , Chapanga

Profanação dos túmulos na antiga vila Chipanga, uma comunidade em Moatize pela Vale

Desecration of the tombs in the old village , Chipanga a  community in Moatize by Vale

Close on 9 years ago, Vale the Brazilian mining corporation relocated thousands of family’s form Chipanaga, an area which they lived in over many generations.

Coal mining destroyed their traditional economic activity and brought on new illnesses from coal dust. The destruction of mining did more than attack the health and economy of the community, it destabilised their spiritual life by desecrating their graveyards.

The AAAJC and community activists are monitoring the communities struggle to get the corporation to keep its promise of properly moving the graves respecting traditional customs and compensating families.

Below the diary of recent activities reported by Horacio Levene

 

18 July 2018

Estavam reunidos  numas das salas de conferencia do conselho Municipal da Vila de Mtz, num encontro convocado pelo Goveno do Dist.

Este encontro tinha como objectivo   ouvir em ambas partes a cerca da profanacao dos  tumulos na  antiga. Comunidade  do B. Chipanga em Mtz fela pela  Vale. Moc.

O Sr Secretario permanente do Dist pediu a palavra  aos representantes da  Empresa Vale para se pronunciar os motivos que  lhes levaram a profanacao dos tumulos sem consentimento da ComunidadeEles responderam  que antes de   fazermos o trabalho contactamos o conselho Municipal E nos como Comunidade perguntamos como foi possivel contactar o Municipio se o  Cemiterio nao pertecia ao Conselho Municipal

O Governo viu que  todas declacoes da Empresa   na profanacao dos tumulos era falso .

Anteriormente  A Empresa tinha dito que  fizemos isso  porque o Secretario do  Bairro 10 disse que o Cemiterio pertencia a quela Comunidade , aucontrario  neste encontro o dito Secretario esteve presente   e recusou ter falado isso  com a Empresa, portanto tratava  se de forma como podia se defender

Os representantes da Empresa reconhecendo os  gravissimos erros , Peguntaram nos  qual e a posicao da Comunidade perante  este caso?

A nossa resposta foi de que deveria se marcar um outro encontro para nos reunirmos com a Comunidade e ouvirmos  a dicisao . Assim  O Governo  aEmpresa aceitaram a nossa proposta  e ficou acordado que proximo encontro  fica marcado para dia 08 , 08.  2018.

Fizeram parte neste encontro   , O Sr. Secretario permanente do Dist, SDA I , Menbro do Conselho Consultivo do Dist , Comissao Dist do Reassentamento  , Empresa Vale ,  Lideres  e Representantes da Comunidade

 

8th August 2018

Esse  e um dos documentos que a Comunidade do reassentamento  Cateme  fez , que hoje mesmo sera lindo na presenca do Governo e   A empresa sobre  a profanacao do cemiterio  portanto e disicao

Este  e o encontro que se realizou hoje  na sala de conferencias   na Administracao  , na Vila de Mtz . Este  encontro era para inf  a Empresa  aposicao da  Comunidade perante o caso de profanacao  do cemiterio .

A comunidade  escreve a sua carta   que e necessario 100.000 para cada familia  reassentada , este valor e para cada  familia realizar  cermonia individual em sua casa . Este assunto ficou para proximo dia 15  deste Mes.

No encontro estavam presente:  Excentissima Sra  Administradora, Chefe Dist de comissao  e Director de Infraestrutura , S civil e representantes da Comunidade

 

11 August 2018

Na Comunidade  do reassentamento Cateme,  Estamos  reunidos , para descutirmos   e  chegarmos  ao entendimento daquilo que   diz r espeito a Empresa Vale.

Neste encontro estao presentes os Secretarios das  Unidades  , Quarteroes  10 casas .

Depois deste debate vai se convocar reuniao gera

 

15 August 2018

Estamos reunidos na sala de sessoes do governo Dist , para  encontros que se realiza nas 4 feiras que envolve  menbros do reassentamento  Cateme, Gov Distrital, Vale , Comissao Distrital do reassentamento.

Neste momento oque esta dominar  o encontro e a PROFANACAO, essa noticia  esta ter enpacto posetivo  porque  ja se fala nos orgao de inf.

Isso seguinifica que a nossa reclamacao e legitima

[09:18, 8/15/2018] +258 84 951 9891: Estamos reunidos na sala de sessoes do governo Dist , para  encontros que se realiza nas 4 feiras que envolve  menbros do reassentamento  Cateme, Gov Distrital, Vale , Comissao Distrital do reassentamento.

Neste momento oque esta dominar  o encontro e a PROFANACAO, essa noticia  esta ter enpacto posetivo  porque  ja se fala nos orgao de inf.

Isso seguinifica que a nossa reclamacao e legitima

 

17 August 2018

Hoje dia 17, 8,2018 recebemos uma equipe de jornalistas  , que foi mandatado pelo Governo provincial em cordenacao com o Governo  Dist de Mtz.

Objectivos  da presenca dos jornalista em Cateme,  e para  acompahar   de perto  aquistao de PROFANACAO dos tumulos feita pela Empresa Vale. .

Segundo os jornalistas disseram  que Este caso em Maputo esta  muito Esta muito quente!

Dizem que  a Empresa  Vale nega  ter   PROFANADO os tumulos!  E por essa  razao que o Governo mandatou  os jornalista  para apurar a verdade  oque   tera passado !

As  Comunidades entrevistadas falaram   tal igual  que vem no documento .

Dizem   que  Empresa Vale informou em Maputo que o novo  Cemiterio ja esta em funcionamente , oque nao espelha a verdade, ate convidamos  jornalista para visitar o novo  Cemiterio para eles proprio ver   e comprovar que tudo o que diz a Vale e so para se defender! Mas nao e dessa vez. Dessa vez   e  a vez da verdade.

A Vale deve assumir a responsabilidade , Caso  nao ,   segundo o depoimento da Comunidade   dizem que vamos enterssetar  o  tranzito do COMBOIO, em duas linhas  : Linha de CENA e Linha  de NACALA, sa duas linhas transporta CARVAO da Vale.

Nao me foi possivel  ter Irma Tene  devido  a falta de MEGAS na altura, mas o enssencia ficou registado

 

23 August 2018

Hoje dia 23,08,2018  um jornalista do jornal estrangeiro denominado ZITA  MAR   NHUNDZI, tentou chegar no antigo CEMITERIO de Chipanga para deperto ver a profanacao levado acabo  pela Empresa. Vale.

So que infelizmente nao consegui  chegar no Cemiterio visto que o cemiterio esta dentro do cercado ou seja dentro da vedacao .

O jornalista tentou  tirar a imagem  do Cemiteri o de lonje , como podemos ver nas imagens:

 

29 August 2018

Como prometi na minha ultima   entrvensao no  que diz respeito a  PROFACAO dos tumulos , eu referi  que hoje dia 29 , 8 ,2018  A vale  iria dar resp definitiva , aucontrario  a Empresa  troce mas argumentos;

Troceram um Sr  que so trabalhou pouco tempo na Area Social dizer que e ele testemunho de todo processo .

Otal senhor comessou aler um documento , nos consideramos falto porque so falava a favor da Empresa, mas esse Sr ja esta fora da Empresa abastante tempo .

Nos coscideramos esse Sr  como viciador no processo , portanto ele veo  contratado pela Vale so para vir mentir.

 

Com esse pronunciamento dste Sr os mandatados da Vale  disseram que nao vao conciderar   o posionamento da Comunidade , isto e: NAO VAO  PAGAR A  CONPESASSAO por defenitivo!!

A comissao dos  moradores pediram  Empresa para  fazer por escrito  , els aceitaram prometeram proxima Quarta feir dia. 5 , 9 ,2018 para  nos trazer a carta que a Vale nega de assumir a redponsabilidade.

Sera neste encontro que a  Comunidade vai tambem dar   a sua dicisao perante este caso!

Neste encontro  nao se fez presente a Sra Administradora parece que ela percebeu a tesposta nao e satisfatoria para a comunidade.

E de lamentar    que os que nos  aconpanha neste processo tambem  nao se fizeram presente   talvez por  qustoes  ocupacionas fala  da AAAJC.

Na proxima quarta f irei trazer  nas imagens o documento da VALE

 

5 September 2018

Hoje  dia 04, 09, 2018 ,  era o dia marcado pela Vale  para nos entregar a carta de recusa de responsabilidade na profanacao dos TUMULOS no antigo   Bairro Chipanga.

Entretanto a Empresa. Vale  dicidiu hoje nao haver este encontro, cujo as razoes   ate aque sao desconhecida.

Os menbros da  Comunidade  que fazem parte  deste processo , estao  a espera que a Empresa  se pronuncie a data  da entrega da respetiva  carta!

 

11 September 2018

Como fiz referencia  que trarei a resposta da  Empresa  sobre a posicao da Comunidade perante o caso de profanacao de tumulos  no antigo B,  Chipanga  em Mtz  prov de Tete.

A posicao da Empresa Vale , foi de recusar   a posicao  da   Comunidade , alegando  ja ter  sido feita as sermonias i, mostrando algumas imagens , sendo essas  emagens  das outras  Comunidade , no caso de Bagamoyo.

AAAJC  deslocou para a Cmunidade de Bagamoyo para a purar  a veracidade  e contactar com as pessoas que estao nas imsgens.

As pessoas que a Vale alega ter feito participado na sermonia negam perfeitamento , so recordam ter reunido no B , Bagamoyo com a Vale por ser pessoas idosos e que tinhamos nocoes   do semiterio , nao  sobemos a cerca da legada sermonia da Comunidade  do B, Chipanga

Mas uma vez   a AAAJC  a provou que  a Vale  e falso nas suas declacoes

AAAJC in Tete Builds international Solidarity in its struggle with the Brazilain Corporation Vale

 

29th September 2018

AAAJC denunciou ao Ministério Público Federal as Violações dos Direitos Humanos da Empresa Vale Moçambique ao seu mais alto nível.

Na ocasião os principais aspectos foram poluição ambiental a todos os níveis, Profanação de Túmulos das comunidades reassentadas, Incumprimento das promessas feitas no acto do processo de reassentamento, em função disso o Ministério Público Federal garantiu que irá fazer as devidas diligências para a Responsabilização dos danos causados em função da Resolução 69 vigente em Brasil um outro aspecto é que a procuradoria é um forte aliado dos movimentos sociais pois no Brasil ainda é independente e em função disso já conseguiu-se penalizar varias Empresas de potencial Econômico e Financeiro

A Oxfam Brasil após escutar varios aspectos solicitou uma entrevista a AAAJC que possivelmente estará disponível no site deles daqui a 2 semanas.

O repórter Brasil também ficou bastante entusiasmado, sendo à AAAJC ser o centro das atenções devido à exposição dos problemas e as recomendações

Amanhã foi solicitado um encontro entre o Ministério Público,neste caso a procuradora Federal do Brasil, o vice-procurador e a AAAJC para analisar a questão da extraterritorialidade e passos a serem seguidos

Estamos todos de parabéns pelo excelente trabalho que temos desenvolvido no seio das comunidades

Muitas organizações estão interessadas em fortalecer os laços de sinergia com à AAAJC não só Brasileiras como Colombianas e Peruanas

Questions from the Resettled community of Cateme

A  comunidade do reassentamento Cateme ao perceber que existe Comissao  do reassentameto , ou seja Comissao   que vela  as quistoes do resssentamento , pede a mesma  ,  o esclarecimento  dos seguintes pontos:

1 Antes de sermos reassentados fomos prometidos   de que avoca vida vai mudar .

  1. A) Quando e que issa mudanca vai acontecer ? Omes e  o ano.

2 Fomos prometidos  2 cabecas de bois ,  2cabritos   e ponbos!  ate em  cada casa  Avale construiu curais para esse tipo de cria!  B) A comunidade pretenfe saber quando    e que vai se receber os tais animais?

3 – Em  2014 Avale troxe em Cateme  30   Touros de  raca Braman  tendo morrido 5  cabecas  ficando 25 cabecas  ,  e os que ficaram foram vendidos.

C)Qual era objectivo da Empresa trazer aqueles tipo de  touro na Comunidade?

4-Quando chegamos em 2009 fomos enformados  que a fazenda   era local de apoioe aprendizagem na agricultura, criacao de frango e outros ensinamentos para  o  desenvolvimento da comunidade.

Neste momento a fazenda  e um centro de  tranzito  de produtos para outras partes fora  do reassentamento, E autentico armazem nao serve s comunidade como  estava previsto.

5-  Anualmente Avale  traz sementes para distribuicao gratuita a  as Comunidades reassentada , mas o mesmo produto  e vendido nas bancas  .

D ) Quem  vende?

E )Alicenca  da Vale aque em Mocambique e de  compra e venda?

F.) O que a comunidade  pensava  era  licenca de exploracao mineira  . Acomunidade esta espantada por assistir a Empresa vale a   vender : Bois,  Simetes,adubo, charuas  Tchopelas  e bicicletas.

7-Acomunidade  precisa que a Vale restitua os seu bois que morreram por motivos de mudanca do lugar onde o capim nao era favoravel

 

UM PEDIDO  ESPECIAL  PARA. TODAS  ORGNIZACOES. DA SOCIEDADE. CIVIL QUE. NOS. APOIA NA NOSSA LUTA!

Pedimos que voces como organizacao defundam as nossas  preeocupacoes atraves dos jornais   como exp de uma noticia  que esta circular nas midias   que destaca aprofanacao dos tumulo em Mtz, concretamente no antigo B  Chipanga  a onde sairam reassentados de Cateme.  Esta noticia   fez correr muita tinta  na Empresa Vale Moc.

E assim que deveria acontecer com outras noticias amargas que  se vive  no nosso quotediano. MOM IADAMENTE

Em Cateme fomos prometidos   sexta basica alimentar durante 6 meses nao aconteceu, repovoamento animal nao aconteceu  preferir vender os bois que destiva  para o efeito, Touros de raca que a Empresa comprou para da gratuitamente  quem tivesse no seu curral pelomenod 10 cabecas  que era para multiplicar ou melhorar a   raca os animais tinha sido  emportado na Suzilandia ou outro pais eram BRAMNE.

Anualmente  a Empresa Vale aloca semente para as Comunidades receberem gratuitamente  , mas e vendido.

Quando a Empresa tem um dinheiro a entrgar as Comunidades por um certo direito como pot Exp;  Dinheiro de um ht de machamba vulgo  119 e  dinheiro de racha , que tanto se fala , primeiro coloca  o dinheiro no Bnco  de condicoes de juro .  . A comunidade fica a espera a volta de um ano , o dinheiro esta no juro  , Logo apatece milionarios que leva o nosso proprio dinheiro  depositado no banco para levarmo em credito com maior  percentage

Tudo isso para o reassentado nao fazer qualquer plano com o dinheiro , por exp quem leva  10.000 paga 20.000%.

Para ossos companheros de MUALADZI, foram postos numa zona atirada sem condicoes de  vida  nao tem tranporte  via de acesso  totalmente danificado  isso faz conque os donos dos carros nao chegue em Mualadze por que  temem os seus carros se estragar  e muitos  outro problemas que  enftentam  no   seu dia a dia.

Por Exp para deslocar a Cateme sao obrigados a pagar  aos chapeiro de Mota o valor de 50, Mt  uma pessoa desempregado a onde vai encontrrar o dinheiro.

Nas duas comunidade falta de emptego.

N

Na Comundade de Muladze e.   com a Empresa. CVL

Sao essas nossas r enquietacoes que gostariamos  pedir   V, Excias nos ajuda na poblicacao deste nosso sofrimento.

E so  assim saindo  nas emprensa nos jornais ,  nas noticias  as Empresa pode mudar o comportsmento , mesmo se ha  tambem a pessoa  da direita que esta  em conequicao a influenciar ficara envergonhado . Facamos isso porque todo o mundo quere viver   a custa do reassentado.

COLHER O  QUE NAO PLANTOU  SIGUINIFICA ROUBO!!!