Hospital sem medicamentos e enfermeiros

 

Evaristo Tavares: Angola-AJUDECA, Província da lunda Norte: Município do Cuango, Data: 30 de Agosto de 2019. , Autores: Governo provincial, administração municipal e

No bairro de Kambala Kangando. O hospital virou uma casa de jogo e de curiosidade medica pois o vigilante, é o único que se encontra no terro e é pelas curiosidade dele que orienta os paciente. Desde o principio do ano, nenhum medico apareceu no local. Como também não existe nenhum apoio medico e sem luz. As pessoas de tanto constatar esta realidade, voltaram a agir como nos tempos primitivo. Curar-se com os medicamentos naturais e sobre tudo auto medicação. Que na qual pelos tempos modernos muitas praticas entraram em desuso provocando muitas mort…

 

In the neighborhood of Kambala Kangando. The hospital has become a game house and of medical curiosity because the vigilante, is the only one who is on the ground and is his curiosity that guides the patients. Since the beginning of the year, no doctors have appeared at the site. There is also no medical support and no light. People, both realizing this reality, returned to act as in primitive times. Cure yourself with natural medicines and above all self medication. That in which by modern times many practices went into disuse causing many deaths.