The community of Bagamoyo and Nhachere neighborhoods, located in the village of Moatize, continue to face the problem of water shortages, especially during the months of September to December. As a result, residents of these neighborhoods are forced to travel long distances in search of the precious liquid. Residents of Nhachere are required to travel to Bairro 25 de Setembro, crossing the railway and National Road No. 7. Residents of Bagamio use the facilities of CFM (Caminhos de Ferro de Moçambique).

It should be noted that the Vale company opened five salt water holes in the 1º de Maio neighborhood; 4 in the Bagamoio neighborhood. These water tanks made life easier for the community and they were being managed by a block chief. Each 20 liters of water cost 3 meticais.

According to the Nhachere community, the water pumps have been out of order for more than a month. However, in both neighborhoods, only one water pump works and three are damaged. When we ask the leader to find out about the bomb situation, she says she will call for help.

By Amélia Thomas


Bagamoyo e Nhachere continuam a enfrentar problema da falta de água

Acomunidade dos bairros de Bagamoio e Nhachere, localizados na vila de Moatize continuam a enfrentar o problema da falta de água, principalmente durante os meses de Setembro a Dezembro. Por via disso, os residentes destes bairros são obrigados a percorrer longas distâncias em busca do líquido precioso. Os residentes de Nhachere são obrigados a deslocar-se ao Bairro 25 de Setembro, atravessando a linha-férrea e estrada Nacional Nº 7. Os residentes de Bagamio recorrem as instalações da CFM (Caminhos de Ferro de Moçambique.)

De salientar que a empresa Vale abriu cinco furos de água salgada um no bairro 1º de Maio; 4 no bairro de Bagamoio. Este tanques de água facilitavam a vida da comunidade e os mesmo estavam sendo geridos por um chefe de quarteirão. Cada 20litro de água custava 3 meticais e mesmo chefe canalizava o dinheiro para o líder do 1º escalão.

Segundo a comunidade de Nhachere, as bomba de água ja estão avariadas há mais de um mês. No entanto, nos dois bairros apenas uma bomba de água funciona e três encontram-se avariadas. Quando questionamos ao líder para saber sobre situação da bomba, ela diz que irá pedir socorro.

Amélia Thomas